8.9.17

Disperso

8.9.17


Cá estou eu
De volta às folhas alvas
Que desejam dizer-me algo
Ou esperam que eu diga
Qualquer coisa.
A noite anda fria
E teus passos...
Onde eles estão?
Onde me levarão?
Lá fora, sinto a brisa no meu rosto
E teu perfume invade minha existência
Levando meus devaneios mais audazes
Aos lugares ternos.
Não me nega teus risos
Aqueles tão tímidos
Que surgem
Quando teus olhos
Encontram com os meus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©