13.11.16

Palavras

13.11.16

Cercados pela rotina do dia-a-dia, nós esquecemos o peso que uma palavra tem ao ser proferida. Palavras constroem ou destroem. Em nossas palavras falta respeito. Humanidade. Sensibilidade. Cumplicidade. Singeleza. Solidariedade. Ternura. Humildade. É necessário reconhecer a pluralidade das palavras e do mundo. Enfim, saber refiná-las a ponto de serem a essência da melhor formula contra qualquer tipo de indelicadeza. É preciso deixar que as palavras de gentileza determinem a grandeza do nosso coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©