5.10.16

Ao Amor

5.10.16

Vocacionei-me ao Amor. 
O tenho como meta desta estrada que agora trafego. 
O tenho como sentido, sem fim, de minha vida. 
Vocacionei-me ao Amor. 
Amor-Deus. 
Amor-outro. 
Amor-eu. 
Vocacionei-me a este dom, a esta graça. 
Vocacionei-me a este Amor não sentimental, mas profunda entrega. 
Vocacionei-me a tudo que dele vem: veracidade, amizade, cumplicidade... 
Vocacionei-me ao Amor que para muitos não é nada. E é até usurpado por paixões vãs. 
Vocacionei-me ao ser do Amor. 
À profundidade deste. 
À sua inteira certeza de ser dom. 
Vocacionei-me a ele para que dele eu viva e também, um dia, para que nele eu morra. 
Vocacionei-me ao amor para que tu, ó outro eu, também vocacione-se e perceba que o Amor é o maior de todos os bens.

Rubens Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©