30.5.15

A força emancipadora da utopia

30.5.15
utopia (1)
Utopia é a busca de um “lugar” na História. O que nos mantém de pé numa luta reivindicatória é a utopia. Portanto, perder a utopia em nossa vida significa desacreditar na possibilidade da mudança e fechar-nos ao horizonte sentido da nossa existência no mundo.
Todavia, a utopia não existe sem a imaginação e muito menos sem o sonho. A imaginação nos leva para além de nós mesmos. Ela estende o nosso corpo ao universo inteiro. Nossa imaginação não é fruto de alucinações e nem de fantasmagorias. Ela é fruto do desejo. E o desejo é o alimento do sonho, pois sonhar é dar evasão à imaginação.
Por isso, sonhar comunitariamente é possibilitar a gestação do “novo” que faz a utopia transformar-se em TOPIA, isto é, em lugar histórico. Que o engajamento na comunidade cristã garanta nossos sonhos e os torne fecundos no alargamento de novos horizontes como uma utopia libertadora.


Pe. José André da Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©