19.1.15

Infância

19.1.15
Olhei para a minha infância e vi uma criança que brincava feliz, correndo pela rua. Ela jogava bolinha de gude, pulava corda, brincava de pique-esconde. Mostrava- se livre, como o pássaro voando no céu azul. Contemplava estes momentos, que rápido passavam, que nem o vento na relva verde. Fazia suas brincadeiras com muita graça, que parecia arte. Hoje, vejo-me correndo pelo cotidiano. Minha infância já se foi há muitos anos. Estudar, trabalhar, o sonho de ser piloto de avião e ser feliz eram alguns dos meus planos. Alguns sonhos, realmente mudaram. Mas o desejo de carregar o sorriso e a terna felicidade, esses permanecem comigo e me impulsionam a caminhar.

Um comentário:

  1. Fofo, continua com a mesma carinha, abraços.. Adorei blog.

    ResponderExcluir

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©