6.8.14
6.8.14
Parece que agosto tende a ser um mês sempre “pesado”. Não sei exatamente o porquê. Ou sei, e não quero admitir. Só sei que os dias são um tanto nebulosos, mesmo quando estão com o céu límpido e azul. Eu bem que queria falar das emoções que vem se arrastando por longos meses. Eu bem que queria falar dessas emoções, dessas histórias tão minhas, sem rancor, sem mágoa, resolver todos esses sentimentos e colocar de vez um ponto final, sem acomodá-las, sem me calar. Recordo aqui Rubem Alves, em Ostra feliz não faz pérola, onde afirma: “somos donos dos nossos atos, mas não somos donos dos nossos sentimentos. Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos”. 

Um comentário:

  1. eu não sei o que há, mas a muito tempo tenho dificuldades com esse mês "agosto", minhas indecisões parecem ficarem sempre mais indecisas, sinto-me mais perdido. . .
    esse texto sinto-me tão estranhamente presente nele

    ResponderExcluir

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©