5.6.14

Inspiração . . .

5.6.14
A página tá em branco, mas há escrito aflição em letras cursivas. Acho que todo mundo já sentiu um certo medo de não ter mais inspiração. Seja antes de escrever uma carta para um amigo. Seja em escrever um texto qualquer. Seja para escrever aquela poesia para o amor platônico da adolescência. O primeiro verso sempre ecoa de um jeito estranho. A primeira palavra é sempre misteriosa. Mas uma hora a inspiração chega. É certo! E você precisa estar pronto porque quando ela vem, ela não vai querer saber seu nome, de onde veio, cor, raça…tá nem aí se você estiver numa situação inusitada, sem nenhum papel para escrevê-la e assim torna-la eterna. A inspiração chegará repentinamente. Vai invadir o teu corpo sem pedir licença. E a nossa vida é uma página em branco…

Um comentário:

  1. desconfiei recentemente que a inspiração não espera, ela vem e pronto. Agora sempre ando com uma pequeníssima caderneta no bolso e uma boa caneta, nisto ela já não me pega desprevenido.

    ResponderExcluir

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©