9.6.14

A caminhada continua . . .

9.6.14
"É que a vida tem certas coisas, reservadas só pra depois..." - Jorge Trevisol

Para os que caminham comigo lado a lado, sabem do meu afastamento dos Missionários da Sagrada Família. Acompanharam esse processo de amadurecimento pessoal e espiritual e, por isso manifesto o retorno para a Casa de Formação dos Missionários da Sagrada Família. Fiz a experiência fora do processo formativo por oito meses, refletindo e rezando a minha caminhada, pegando a história do Igor nas mãos e amadurecendo. A decisão de fazer a experiência fora partiu do intenso desejo de "caminhar com as próprias pernas', conviver com mundo aqui fora, trabalhar, morar sozinho. A experiência foi válida e me fez crescer e tecer mais histórias na teia da minha vida.

Aos amigos de Betânia, o lugar dos amigos, obrigado! Obrigado por simplesmente vocês terem sido presença nos sorrisos e nos prantos, na canção e na poesia. Gratidão pelos abraços, cuidados e vida partilhada…Obrigado!

Sou ainda eternamente grato a família, aos irmãos/ãs que estiveram comigo, que me ajudaram nesse processo de amadurecimento vocacional. A vivencia, as tantas partilhas me conduziram a fazer a opção pelo REINO. Como me falaram uma vez: “o Reino é muito maior…” Eu entendi a mensagem…

Roguei a Deus, pensei no projeto maior de Jesus Cristo, o despojamento, a graça de ser feliz e (re) optei em retomar a trilha e deixar-me permitir.

Que eu siga caminhando com o Jovem de Nazaré para Jerusalém, não deixando que os desafios me paralisem, alimentando o desejo de ser missionário a fim de melhor servir com alegria a Deus no povo e o povo em Deus. Que eu tenha sempre coração grato e feliz por ser amado e para amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©