10.4.14

Eis o fim!

10.4.14
As coisas haviam mudado, porém, agora estavam ali, frente a frente novamente. Mas algo os separava. De um lado um intenso desejo para que as coisas dessem certo novamente. De outro, a emoção já não se fazia mais presente no olhar, no toque, no abraço!
Os lábios que agora se tocavam não eram os mesmos. O desejo que por tanto tempo motivou tudo, que fazia tudo valer a pena, agora estava ausente. Estavam ali apenas dois corpos! Dois corpos a se beijar, dois corpos a se abraçar, mas apenas um coração que ainda acreditava, que ainda tinha expectativa de que tudo pudesse dar certo...

Um comentário:

  1. mas sempre tudo vai dar certo,
    assim como o esperado é certo, o errado ou o não esperado também é certo

    ResponderExcluir

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©