6.6.13

Aos críticos

6.6.13
Obra "A New day"/ 2001  - Rometo Britto
Desculpem os críticos da arte. Mas ao pronunciarem que uma obra de arte é vulgar ou espetacular, deve ter cautela. Quando pronunciam algo dessa forma, estão afirmando uma verdade sobre tal escultural, livro, música etc. como dizia o filósofo Karl Popper: “nem mesmo a ciência sabe da verdade”. Um crítico deve opinar, dar seus palpites acerca daquela obra de arte. Dessa forma, deverá dizer: “penso que essa obra de arte é magnífica”, pois assim ele estará dizendo aquilo que ele pensa e não a verdade sobre a dita obra. Mas na boa, os críticos são verdadeiros palpiteiros. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©