21.6.12

Palavras soltas

21.6.12

O tempo lá fora está frio e eu espero alguma inspiração para escrever algo com fundamento. Mas na boa, hoje acordei com uma vontade tremenda de dizer qualquer besteira. Eu não quero nada que soe bonito. As palavras são a minha companhia e não tenho medo de escrever frases feias ou bonitas, de raças, crença, cores, fonte e tamanho. Não tenho preconceito! Quero todas aqui! Porque as palavras me adornam e dizem quem sou. 

Igor Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©