5.10.11

A vida como ela é...

5.10.11

Sabe, quando você tem um sonho e ele se torna realidade? E aí ele acaba. Tudo acontece tão rápido, tão intenso. É como se num piscar de olhos a realidade se tornasse lúcida outra vez. Como se esse sonho voltasse para a imaginação, voltasse a ser sonho e não mais uma lembrança. Começar as coisas sempre é fácil, difícil é terminá-las. Bem, a prova viva de que aquilo existiu é a saudade. Sentimos saudade porque de certa forma isso nos conforta e nos lembra o quão bom foi vivenciar esse sonho. A realidade não precisa mudar, não precisamos provar para ninguém o que presenciamos. Ouvi dizer que as pessoas mudam, mas não concordo, sentimentos mudam, não pessoas. Ter novos sonhos não significa esquecer os antigos que, apesar de tornado reais, continuam sonhos. Mas nos falta coragem pra seguir em frente e deixar o que é “velho” pra trás, porém às vezes seguir em frente pode causar arrependimento. Então eu continuo aqui, sentindo aquela saudade que maltrata, que dói. É, o meu coração utiliza dos meus dedos para falar…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©