25.10.10

Grande Sábio....

25.10.10
       Certo dia eu estava voltando para casa e decidi parar no parque Araguaia. Estava sentando num banco, quando um homem, de mais ou menos sessenta anos sentou-se ao meu lado. Perguntou meu nome e assim respondi. Começou a puxar conversa e perguntou qual era a formula para a felicidade. Disse a ele, sorrindo que desconhecia essa tal fórmula.
       Ele continuou a conversa e isso me deixou bastante intrigado. Curioso, perguntei quem ele era. Assim falou: “Sou João”. E continuou: “Há dois anos decidi mudar radicalmente. Sou doutor em psicologia e sempre procurei a fórmula para a felicidade.    Não era feliz com a vida que levava. Muita gente aproximava-se de mim por causa do meu dinheiro.  Simplesmente não eram meus amigos pelas qualidades e defeitos que possuo, mas somente pelo meus status. Infelizmente, hoje o mundo está cheio de pessoas interesseiras, invejosas, egoístas, que pensam somente em si mesmo. Vivem numa sociedade medíocre”. Quando ele me fez tal revelação, fiquei surpreso pela sua coragem de abandonar a vida que tinha para ir à procura de sua felicidade. Suas palavras sábias chegaram nos meus ouvidos como canção melodicamente bonita.
       Ainda com sua divina humildade falou: “essa nossa vida nos prepara somente para as vitórias. Quem nunca errou? A experiência dos erros é tão importante quanto a experiência dos acertos. Os erros nos preparam para nossas vitórias e conquistas futuras, pois não existe aprendizado na vida quem não passe pela experiência dos erros. Nenhum ser humano pode ser verdadeiramente grande, sem que possa reconhecer que cometeu erros”.
       Enquanto ele falava tudo isso, lembrava de diversos momentos da minha vida. Fiquei tocado com suas palavras sábias. Assim continuou: “Vejo que és uma pessoa muito boa, humilde e simples, que busca ajudar seu próximo como se fosse teu irmão de sangue. Se continuar assim terá belos frutos para colher amanhã”. Agradeci-lhe pelas palavras, pois sabia que era sinceras. Ainda à procura de ser feliz, falou: “Um amigo meu, psicólogo, diz que para ser feliz existem 10 leis. Eu não acredito muito. Penso que para alcançar a verdadeira felicidade é fazer e viver ardentemente o que gostamos, não deixando que os outros estraguem-na por inveja e cobiça. Ser feliz é ama a si mesmo e ao próximo.”
       O homem sábio, depois de tais palavras, disse por ultimo:” Foi bom conhecê-lo, espero que encontres a formula da felicidade, pois eu estou à procura.” Depois, levantou-se e saiu caminhando e cantando: “Viver e não ter a vergonha de ser feliz...”Eu voltei para casa com o coração reluzente e pensativo em tudo o que o desconhecido homem tinha me falado.

Igor Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre notas de rodapé - 2017

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©